“RELAXE, POR FAVOR”




Este método de relaxamento pode ser usado à noite, pouco antes da hora de dormir. Sente-se em uma cadeira e fique confortável. Escolha a postura que quiser, feche os olhos e relaxe o corpo. Não precisa ter um foco nem precisa se concentrar.
Se você identificar alguma tensão no joelho, toque-o e diga: “Relaxe por favor”. Repita o exercício se sentir algum incômodo nos ombros ou em qualquer outra parte do corpo. Dentro de uma semana você conseguirá se comunicar com o seu corpo. E, uma vez que tenha começado, as coisas se tornam  muito mais fáceis.
O corpo não precisa ser forçado, ele pode ser persuadido. Além de ser uma atitude agressiva, qualquer novo conflito provoca cada vez mais tensão. Permita que o conforto seja a regra. O corpo é um presente tão belo da existência que lutar contra ele é negar a própria existência. Ele é um santuário e nós somos o relicário que se encontra dentro dele, como em um templo. Nós somos parte dele e temos  responsabilidade sobre ele.
O corpo é um dos mais antigos bodes expiatórios. Com freqüência ficamos irritados com ele e o culpamos por qualquer coisa – é como se não o amassemos. O corpo não é capaz de retaliar e nem de responder ou de alegar que você está errado.
Repita o exercício a seguir durante sete dias. Parecerá um pouco absurdo no começo, porque nunca fomos ensinados a conversar com o nosso corpo, mas milagres acontecem. A primeira coisa a fazer é relaxar na cadeira. Feche a porta, deixe o quarto escuro ou com uma luz baixa. Desligue o telefone e peça que não o interrompam durante os próximos vinte minutos. É como se o mundo não mais existisse.
Comece a identificar os pontos de tensão. Onde quer que você esteja sentindo uma tensão, toque em seu corpo com amor e compaixão. Percorra todo o corpo e envolva-o com um sentimento amoroso de profunda simpatia e atenção. Deve levar pelo menos cinco minutos até você começar a se sentir solto e relaxado, quase sonolento.
Direcione sua consciência para a respiração e relaxe. A respiração é a ponte que une o corpo e a alma. Feche os olhos e mantenha-se atento à sua respiração. Converse um pouco com ela: “Relaxe, por favor. Seja natural.” Fique certo: você ouvirá um clique sutil.
Com o passar do tempo, nossa respiração torna-se pouco natural. Se o corpo não estiver relaxado, a mente continuará tensa. Como estamos permanentemente tensos, nossa respiração permanecerá tensa. Diga a ela pra relaxar, repita isso duas ou três vezes e depois permaneça em silêncio.

Margarete Vicente
Terapeuta

Um comentário:

  1. Ótima dica, vou fazer, preciso muito relaxar ultimamente.

    bjs

    ResponderExcluir